Com qual idade meu filho deve começar a falar?

Você tem dúvida se o seu filho está desenvolvendo a fala no tempo adequado? Para tentar ajudá-la, vou explicar, usando exemplos, como funciona a evolução da fale em cada etapa da vida dos pequenos. Antes, porém, é preciso ressaltar que cada criança tem um processo de aquisição e a idade serve apenas como referência, podendo variar cerca de dois meses para mais ou para menos.

Vamos lá!

6 meses – a criança já produz alguns sons; é como se estivesse ensaiando para falar.

1 ano – aparecem as primeiras palavras e não são necessariamente “mamãe” e “papai”. Pode ser “gol”, “bola”, o nome do irmão ou qualquer outra palavra que tenha um significado relevante na vida da criança.

1 ano e meio – já fala por volta de 20 palavras.

2 anos – forma frases de duas a três palavras, como “qué água”, “dá bola”.

3 anos – a criança apresenta uma fala mais complexa, com frases mais longas e relatos do que fez ou viu no seu dia e conta histórias.

4 anos – a fala já está estruturada, mas às vezes alguns sons como o “r” de “preto” e de “barata” são omitidos ou mal articulados e a criança produz “peto” ou “baiata”.

5 anos – Espera-se que a fala seja como a de um adulto, apenas com um vocabulário menos elaborado.

Caso você ache que seu filho não está falando no tempo adequado e está preocupada, sugiro que consulte um fonoaudiólogo. Este profissional avaliará se realmente há alguma alteração na fala do pequeno e dará orientações específicas ao seu caso.

Ficou na dúvida sobre algo neste artigo? Escreva para contato@fonosaude.com.br e mande sua pergunta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>